Como saber se tenho direito ao PIS 2017-2018

Como saber se tenho direito ao PIS 2017-2018.

Este é um guest post escrito por Marilúcia Santos, economista que publica as mais diversas dicas em seus blogs. Visite o blog sobre o PIS para saber todas as informações possíveis referentes ao abono salarial.

Neste artigo irei esclarecer as dúvidas sobre quem tem direito ao PIS 2013-2014. Nem todos têm direito a este beneficio ou não sabem se tem, portanto para esclarecer suas dúvidas leia atentamente o texto.

Tem direito ao PIS todo trabalhador de carteira assinada que recebe até dois salários mínimos.

—> Guia Gratuito e Definitivo Para Criar Seu Negocio Online Começando Do Absoluto Zero

O PIS é o Programa de Integração Social que foi criado pelo governo federal em 1970, com o objetivo de promover a integração dos trabalhadores na vida e no desenvolvimento das empresas, viabilizando melhor distribuição da renda por meio de benefícios como o Abono Salarial. Através do PIS todo trabalhador cadastrado e que esteja dentro dos critérios estabelecidos tem direito a 1 salário mínimo anual.

O PIS 2017-2018 será de R$ 937,00 (novecentos e trinta e sete reais) , começou a ser pago em junho de 2017 e vai até junho de 2018, o pagamento é feito conforme data de nascimento do trabalhador como pode ser visto no calendário do PIS 2018.

O PIS é pago pela Caixa Econômica Federal.

Quem tem direito ao PIS 2017-2018

direito ao pis

Muitos trabalhadores nem sabem se tem direito ou não ao PIS e muitos que tem direito acabam não sacando o abano por falta de informações. Caso tenha direito e não saque, conforme o prazo estabelecido no calendário do PIS 2017, este valor é devolvido ao Fundo de Amparo ao Trabalhador – FAT.

—> Veja também: Como trabalhar de casa: 12 formas muito fáceis

Tem direito ao PIS, no valor de um salário mínimo, o trabalhador que:

  • Está cadastrado no PIS há pelo menos 5 (cinco) anos;
  • Tenha recebido, em média, até 2 (dois) salários mínimos mensais no ano-base que for considerado para a atribuição do benefício;
  • Tenha trabalhado, pelo menos 30 (trinta) dias no ano-base considerado, consecutivos ou não, para empregador contribuinte do PIS;
  • Tenha sido informado corretamente na RAIS do ano-base considerado.

Se você se enquadra nestes requisitos fique atento ao calendário, e quando chegar a data de recebimento dirija-se a uma agência da Caixa Econômica Federal munido dos seguintes documentos:

  • Número de inscrição do PIS;
  • Documento de identificação (pode ser: carteira de identidade; carteira de trabalho).

Em muitos casos o trabalhador também pode receber o abono do PIS direto na sua folha de pagamento. Para saber se este é seu caso informe-se na sua empresa.

Deixe o seu Comentários